sexta-feira, 24 de maio de 2013

Vale a pena fazer um MBA?


Conforme os profissionais vão crescendo dentro de suas corporações e a vida corporativa fica mais acirrada e disputada, é preciso buscar novos diferenciais. É quase sempre nesse momento que a pessoa decide (ou pelo menos cogita) se atualizar. Nessa hora, muitas dúvidas surgem, e a mais cruel, arrebatadora e difícil de responder é: Realmente vale a pena fazer um MBA

Essa é a questão maior, mas a partir dela, é possível extrair uma série de outras perguntas menores, também diretamente envolvidas, como: Quais são os benefícios que um MBA trará para minha carreira? Poderei sentir os reflexos do curso a curto prazo? As competências da grade curricular do curso irão atender às minhas necessidades práticas de mercado? E assim por diante. 

Durante a banca examinadora de uma aluna do Mestrado Profissional em Administração de Empresas (MPA) da FGV-EAESP, cujo tema era: "Percepção dos alunos sobre o impacto de curto prazo dos cursos de MBA em suas carreiras", foram apresentados diversos referenciais teóricos consistentes sobre tais questionamentos. A questão principal da pesquisa era justamente essa: como os alunos recém-formados, ou em vias de, percebiam os impactos dos cursos em suas carreiras, especialmente os critérios subjetivos, como autoconfiança, atratividade, prestígio e motivação? 

O estudo não tem um caráter conclusivo, e por isso, destaca de maneira bem ampla todos os aspectos percebidos durante a pesquisa, tanto para o lado positivo como para o negativo, evidenciando que depende de cada profissional escolher o direcionamento de sua carreira. 

Fonte: Corbis Imagens

Um comentário:

  1. Por favor, poderiam publicar as referências para que esta monografia possa ser consultada? Como; título, nome da aluna, referência no sistema eletrônico da GV, etc.

    Obrigado.

    Tiago Cruz - MPA 2012

    ResponderExcluir